A União Europeia e o Brasil rubricaram hoje um acordo geral sobre serviços de transporte aéreo que elimina todas as restrições a rotas, preços e número de voos semanais entre as duas partes, anunciou a Comissão Europeia em Bruxelas.

"O que hoje alcançámos com o Brasil é um acordo que abrirá o mercado do transporte aéreo entre a União Europeia (UE) e o Brasil, o que trará benefícios económicos significativos para as empresas, os viajantes, o setor da aviação e as economias europeia e brasileira em geral", declarou o vice-presidente Siim Kallas, comissário europeu responsável pelos Transportes.

O Executivo comunitário sublinha que o Brasil é, de longe, o maior mercado do transporte aéreo da América do Sul, com cerca de 4,5 milhões de passageiros transportados anualmente entre a UE e o Brasil, sendo também dos mercados da aviação que registam um crescimento mais acelerado a nível mundial.