O Plano de Expansão e o Estudo de Acessibilidade do Porto de Santos, que se desenrolará até 2024, já foi apresentado: a capacidade do maior porto brasileiro irá triplicar dos actuais 3 milhões para os 9 milhões de teu até 2024.
O Plano de Expansão, desenvolvido pelo Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), em parceria com a Secretaria Especial de Portos (SEP), custou cerca de 1,3 milhões de dólares, e irá contribuir de maneira direta para o desenvolvimento do porto, definindo e localizando áreas para novos terminais e cargas, estimando a procura para os próximos 15 anos e as necessária infraestruturas. Quanto ao Estudo de Acessibilidade, ele foi custeado pela Companhia Docas do Estado de São Paulo (Codesp) e complementa a pesquisa do BID. A autoria é da Fundação para o Desenvolvimento Tecnológico da Engenharia (FDTE).
Com este plano o porto de Santos vai ampliar a sua área dos atuais 7,7 milhões para 15 milhões de metros quadrados. Maior porto do país, por aqui é escoado 25% do comércio exterior brasileiro.