A Checkpoint Systems encontra-se, este ano, a celebrar o seu vigésimo aniversário em Portugal. Com escritórios em Lisboa desde Novembro de 1996, a empresa começou por estar localizada nas Amoreiras, encontrando-se nos dias que correm no Parque das Nações.

A Checkpoint Systems tem uma série de soluções que procuram dar resposta às necessidades dos seus clientes, apostando forte na inovação. É o caso de soluções integradas como a nova EVOLVE-Store – uma aplicação que permite gerir na palma da mão todo o stock e cadeia de distribuição, incluindo o omnichannel, ou as estratégias de marketing adequadas aos clientes –; etiquetas como a FreshFinder – para artigos frescos com etiquetagem nas embalagens, essenciais na gestão da caducidade dos produtos –; ou até mesmo antenas Overhead – que se colocam no teto das entradas de loja.

Com um contato directo com os retalhistas, a Checkpoint Systems não apenas procura estratégias de prevenção de perda, como também desenvolve implementações únicas e à medida de cada cliente, conseguindo ainda ser célere no atendimento dos pedidos que os seus clientes apresentam. Parte fundamental deste trabalho é o serviço de telemanutenção integrada que muitas das soluções já apresentam e o apoio ao cliente in loco que é apenas possível através da existência de escritórios próprios nos últimos 20 anos no nosso país e equipas a operar em todo o território nacional.

Simultaneamente, a empresa tem desenvolvido um trabalho de retaguarda essencial ao sector do retalho. Desde 2001 que apresenta anualmente o Barómetro Global do Furto no Retalho. Uma ferramenta importante não apenas para conseguir caracterizar o sector do furto, mas também como análise de tendência e base de soluções para os diferentes retalhistas que encontram neste relatório algumas sugestões de como dar resposta às situações com que se deparam diariamente.

Ao mesmo tempo, tornou-se aliada da Escola de Comércio de Lisboa, na prossecução de boas práticas no sector.

Mais recentemente aliou-se à GS1 Portugal para o desenvolvimento de um setor de retalho e prevenção de perdas sustentável, sendo presença assídua nos congressos da instituição.

«Para a Checkpoint Systems é apenas natural manter a sua presença com escritórios próprios em Portugal. A especificidade do mercado, assim como a sua importância estratégica para a empresa tornam inquestionável a aposta que realizámos nos últimos 20 anos e que, esperamos, se mantenha por muitos mais e que contará sempre com o apoio de todo o know-how que a empresa tem a nível mundial», refere David Pérez del Pino, Director Geral da Checkpoint Systems para Espanha e Portugal.