O Grupo Gestmin, presidido por Manuel de Mello Champalimaud (maior accionista privado dos CTT) consolidou ainda mais a sua participação na empresa CTT, passando assim a deter no total 10% do capital. Este passo, consumado no passado dia 13 de Março, foi dado num contexto favorável de mercado para o Grupo Gestmin, após autorização pelo Banco Central Europeu para o reforço de participação na empresa de serviço postal.

O Grupo Gestmin encara as estruturas sustentáveis nos sectores da Energia, Logística Alimentar, Indústria de Moldes e Plásticos ou Agro-indústria como vectores de aposta rumo a um crescimento estratégico e diversificado, «com o objectivo de procurar garantir simultaneamente rendimento regular e diversificação do risco», explicou João Bento, CEO da Gestmin, via comunicado da empresa. «Os CTT fazem parte do nosso portefólio de investimento devido ao seu projeto e oportunidade de crescimento», acrescentou.