A Ocean Alliance, composta pela francesa CMA CGM, pela taiwanesa Evergreen Line, e pelas chinesas COSCO e Orient Overseas Container Line (OOCL), revelou hoje a informação oficial relativa às ligações marítimas a efectuar em 2017 - num plano conjunto destinado a colocar em acção cerca de 350 porta-contentores (com a capacidade total a subir até aos 3.5 milhões TEU), destaque para o serviço transatlântico TAT1, que fará escala no Porto de Lisboa.

O documento de network divulgado pela Ocean Alliance revela que o porto da capital está incluído num dos três serviços transatlânticos gizados para 2017. O TAT1 terá o seguinte alinhamento: Malta-Livorno-Génova-Fos-Barcelona-Valencia-Lisboa-Nova Iorque-Norfolk-Savannah-Miami-Algeciras-Valencia-Malta. As operações apresentadas da Ocean Alliance deverão entrar em acção em Abril de 2017, com 9 serviços no Sudoeste do Pacífico, 4 no Noroeste do Pacífico, 7 serviços Ásia-Costa Este e Norta dos EUA, 6 serviços Ásia-Europa, 5 na ligação Ásia-Mediterrâneo, 5 na conexão Ásia-Médio Oriente, 2 serviços Ásia-Mar Vermelho e 3 serviços transatlânticos.

«A assinatura do Day One Product é um passo adiante na demonstração do quão empenhados estamos no que respeita ao desenvolvimento de produtos competitivos e do alto nível de sinergia e confiança que partilhamos no contexto desta parceria», afirmaram, num comunicado conjunto, os membros da Ocean Alliance.